sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Tendências artísticas contemporâneas e as crónicas de Emídio Rangel

Quando li a crónica de Emídio Rangel sobre os professores a minha mente saltou para este vídeo sobre tendências vanguardistas na arte actual. De facto há algo de «arte contemporânea» no seu texto (ver o vídeo até ao fim). Só espero não ter ofendido o artista do vídeo com esta comparação...


Zune Paint from Sibling Rivalry on Vimeo.

2 comentários:

AGalrinho disse...

Bem comparado!

Anónimo disse...

Acho que a haver presumível insulto será ao autor do vídeo, pois action painting deste tipo talvez nem passasse pela cabeça de Pollock. Um génio, como se sabe.

Quanto aos que elaboram - será que elaboram? - textos daquele tipo que o Sr. Emílio Rangel dejecta, sobre aquilo que gira actualmente em torno da profissão docente, o melhor é mesmo comunicar às autoridades sanitárias do país em causa.

Isto também presumindo que não há ainda notícia de qualquer epidemia que tenha, antecipadamente, atingido alguma parcela das próprias autoridades sanitárias.